18 de março é o Dia Mundial do Sono, uma iniciativa da Associação Mundial de Medicina do Sono – WASM, que com o tema “Bom Sono é um Sonho Acessível”, tem como objetivo divulgar ações preventivas e informações sobre os efeitos e distúrbios provocados pela privação do sono, como, por exemplo, insônia, hipersonia, narcolepsia, parossonia e disritmias do circadiano; além de melhores condições do sono para a manutenção da saúde e qualidade de vida.

A Profa. Dra. Célia Regina da Silva Rocha, docente da Universidade Cruzeiro do Sul e membro do Grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono do Departamento de Neurologia do Hospital das Clínicas da USP, fala um pouco sobre o assunto no texto abaixo.

BOM SONO É UM SONHO ACESSÍVEL

Por exercer função reparadora, o sono tem importância fundamental para o funcionamento do nosso corpo e mente. Ele é o elemento básico para o desenvolvimento das funções fisiológicas e psíquicas, sendo também responsável por nosso crescimento e consolidação da memória e aprendizagem.

Atualmente, a busca por realização pessoal e profissional gera estresse e ansiedade, que atrelados às cobranças constantes para organizar e realizar as tarefas diárias, acaba acarretando na diminuição acentuada das horas de sono na população mundial.  É interessante observar que podemos ficar vários dias sem nos alimentar, mas não podemos dizer o mesmo em relação a dormir, já que isso provocaria alterações importantes nos sistemas endócrino, metabólico, neurológico, físico e cognitivo, e na arquitetura do sono. Essas alterações provocam o aumento da irritabilidade, fadiga, cansaço e falta de atenção e concentração na realização das atividades.

A exposição e utilização, até certo ponto exagerada, dos recursos eletrônicos e tecnológicos, seja por questões relacionadas ao trabalho ou ao lazer, também contribuem para tal privação, sendo responsável pela má qualidade do sono, tanto na população adulta, quanto em crianças e adolescentes.

sono

Consequentemente, há o comprometimento da saúde e prejuízo funcional.

dormindo no trabalho

De acordo com a Associação Mundial de Medicina do Sono – WASM, os distúrbios do sono se constituem em uma epidemia mundial. Entretanto, a maioria deles poderiam ser evitados/tratados se houvesse maior divulgação sobre os benefícios provocados por uma boa noite do sono. Por desconhecimento, as pessoas não procuram ajuda profissional para solucionar o problema.

criança dormindo

Diante das diversas atividades que precisamos desenvolver ao longo do dia, e que por vezes se estendem até altas horas da noite, o que fazer para ter um sono conciliador e reparador?

A WASM fornece algumas orientações que são essenciais para uma boa e adequada higiene do sono. Confira no infográfico abaixo:

infográfico saúde do sono

10 respostas para “Para uma boa noite de sono!”

  1. Mary disse:

    Sofro de hiportireodismo, meu sono é péssimo seria por causa do disturbio na tireóide

  2. Gemma Santos disse:

    Grande conselho, obrigado!

  3. Gabriela disse:

    Ultimamente não tenho conseguido dormir corretamente isso é muito ruim, parece que a gente vive em outro universo. Eu vou ter que mudar meu comportamento, talvez mudar os hábitos.

  4. Paulo disse:

    Ótimo artigo!

  5. Diego Franco disse:

    eu durmo em média 5 horas por noite, preciso dormir mais, pois ando muito cansado nos últimos meses.

  6. Marcela disse:

    No meu caso exercícios físicos é fundamental. Meu sono não é o mesmo sem a minha corrida diária.

  7. Andre Cisp disse:

    Nossa incrível as dicas. Vejo hoje em dia como é importante para mim realizar atividade física, nos últimos meses faço com frequência e meu sono melhorou muito.

    Valeu pelas dicas.

  8. Daniel disse:

    Sofro de Insonia !

    Nossa, é muito complicado e muito chato mesmo.

    você quer dormir e não consegue.

    É uma Sensação desesperadora !!

  9. João Garcia disse:

    Realmente meu caso também é parecido. Antes de praticar atividades físicas, vivia cansado, fatigado e muito irritado. Principalmente as minhas noites eram horríveis.
    Peguei uma dica com um colega. Então comecei a praticar caminhadas, pois estava muito sedentário. Comecei aos poucos, no começo não conseguia nem subir uma simples ladeira. Depois passei a caminhar 5 km diarios e atualmente estou caminhando 10 km por dia.
    As coisas começaram a mudar aos poucos, consegui perder 6 kg. E o melhor durmo muito bem agora. Fica ai a dica para todos.

  10. Andre disse:

    Muito boa as dicas! Venho sofrendo de insônia há uns 3 meses.. vou tentar seguir as 10 recomendações! Espero que melhore! Obrigado

Deixe uma resposta

ASSINE O FEED RSS

Acompanhe nosso blog pelo feed

O BLOG

O objetivo central do veículo é estimular o senso crítico e o poder de reflexão de seus leitores sobre temas que transitam entre conhecimentos científico e de caráter geral.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

TAGS